Na manhã deste sábado (14) Sírios se reuniram no centro da cidade de Damasco em apoio às forças armadas do País e celebrar o sucesso dos sistemas de defesa aérea sírios. O governo afirmou derrubar a grande maioria dos mísseis americanos.

A ação americana, aliada a França e Reino Unido, é uma resposta ao suposto uso de armas químicas pelo regime do ditador sírio, Bashar Al Assad, que deixou dezenas mortos e centenas de feridos no país.

Os ataques são reflexo do fracasso da Rússia em cumprir essa promessa”, declarou o republicano em seu pronunciamento. Na quarta-feira, Trump comentou que a Rússia tinha dito que derrubaria quaisquer mísseis disparados na Síria.